Alunos do Ensino Fundamental visitam exposição para aprenderem mais sobre a água

Para despertar a criatividade e o interesse dos alunos do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, o Sigma tem desenvolvido atividades que valorizam diferentes conhecimentos e experiências. Com base no tema do primeiro período, a Água, os alunos do 1º ao 5º ano visitaram a exposição de arte Entre Rios, Entre Nós, do grupo Matizes Dumont, no Museu Nacional.

A mostra apresentou telas e painéis bordados pelo grupo, que contam a história das populações ribeirinhas – retratando a relação entre a água e a sociedade.  Durante o passeio, as crianças aprenderam sobre a história dos rios do Brasil e sobre as comunidades vizinhas. Elas também tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o processo de criação das obras. “Por meio da exposição, os alunos conseguiram apreciar a cultura desses artistas. E, ao conhecerem a história e se colocarem no lugar dessas pessoas, as crianças aprenderam a valorizar o trabalho que elas desenvolvem”, conta Daiana Cardoso, professora do 3º ano do Ensino Fundamental.

Os professores aproveitaram a exposição e apresentaram a temática aos alunos, aproximando-a com a realidade de Brasília. “Nós trabalhamos com os alunos várias vertentes sobre o assunto. Com a visita, conseguimos fazê-los refletir sobre o uso consciente da água e a preservação do meio ambiente”, finaliza Daiana.

Já em sala de aula, os estudantes realizaram uma atividade com algumas das obras da exposição. As professoras de Arte selecionaram 11 quadros e solicitaram que cada criança escolhesse um para fazer uma releitura usando lápis de cor. Em seguida, foi feita uma votação entre os alunos para selecionar o melhor trabalho. O mais votado foi ampliado e colorido com giz de cera e aquarela. “A próxima etapa será um bordado colado com lantejoulas e linhas em cima dessa reprodução”, conta Julie Pellegrin, professora de Artes.

MATIZES DUMONT

O grupo é formado por Antônia Dumont e suas filhas, netas e bisnetas.  Formado há trinta anos, tornou-se conhecido pelo trabalho realizado com bordados. A família Matizes, além de comercializar o trabalho, já desenvolveu projetos sociais com pelo menos 25 mil pessoas e o meio ambiente é o principal tema para os seus bordados.