Aluna do Sigma participa de movimento global em defesa do clima e do meio ambiente

Atualmente, no mundo, existe uma preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos da ação do homem sobre ele. Pensando nisso, em 2018, a jovem sueca Greta Thunberg criou o movimento global “Fridays For Future” (FFF), em defesa do clima. Em Brasília também existem jovens que estão lutando contra o descaso com a natureza e questões climáticas na cidade e no país. É o caso de Valentina Ruas, aluna da 3ª série do Ensino Médio, da unidade da 912 Sul, do Colégio Sigma. A estudante era integrante do “Jovens Pelo Clima” núcleo Brasília, que esse ano se juntou ao movimento internacional.

Valentina se interessa por questões climáticas desde 2017, quando participou pela primeira vez do Sigma-Múndi. A jovem era integrante do comitê que simulava a Conferência da ONU sobre mudanças climáticas. “O projeto me incentivou a pesquisar mais sobre o assunto e foi durante as reuniões que eu percebi que algo precisava ser feito”, comenta. A aluna conta que a participação no projeto tem sido fundamental para os encontros do FFF. “O Sigma-Múndi nos ensinou a se relacionar com diplomacia, a como dialogar e a procurar as melhores soluções para todos. Essa experiência tem me ajudado bastante”.

A aluna aponta que é importante conversar com os jovens sobre as questões climáticas e meio ambiente desde cedo. “É a nossa hora de tomar a frente e mostrar a nossa voz. Somos a futura geração, então cabe a nós pressionar para as coisas começarem a mudar a partir de agora”, afirma. “Esse é o momento do protagonismo jovem. Não podemos só assistir o nosso futuro ser destruído”.

Em 2020, o movimento Fridays for Future lançou uma campanha global SOS Amazônia de financiamento coletivo para o combate à Covid-19 no Amazonas. Todo o dinheiro arrecadado terá como destino a “Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus”, coordenada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e seus parceiros. O objetivo é arrecadar R$ 1 milhão para a compra de itens básicos de higiene, alimentação e investimentos em equipamentos de saúde. As contribuições podem ser feitas pelo site sosamazonia.fund. Valentina é uma das jovens no Brasil que está a frente da campanha e que conta com o apoio de outros 15 ativistas, dentro dos quais estão Greta Thunberg, Luisa Neubauer, Bianca Castro, Abel Rodrigues, Amália Garcez, Fernanda Rodrigues e Iann Coêlho.